Com um mês de funcionamento, Zona Azul já beneficia o comércio do Centro

0
5556

Lançado há um mês, o sistema de estacionamento rotativo no Centro de Manaus, o Zona Azul, já beneficia os comerciantes da região devido à disponibilidade das vagas para clientes. A avaliação é do presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL – Manaus), Ralph Assayag.

Segundo ele, os prejuízos por falta de áreas de parqueamento no Centro sempre foram grandes. “O consumidor que busca uma loja e não encontra estacionamento próximo vai embora. E o comerciante perde a venda”, explica Assayag, reforçando que quando a população e os comerciantes estiverem totalmente adaptados ao novo sistema, que está em fase inicial, as vendas aumentarão ainda mais.

O presidente da CDL-Manaus também comentou sobre a nova metodologia de estacionamentos na área central da cidade. “Acredito que agora teremos um Centro organizado. As pessoas que realmente quiserem comprar na região poderão ir com a tranquilidade de que a qualquer momento encontrarão uma vaga”, afirmou Assayag.

Como funciona

Lançado em janeiro pela Prefeitura de Manaus, o sistema funcionou de forma educativa até o dia 29 de junho. No dia 30, o Zona Azul passou a operar com cobrança de taxa no valor de R$ 2,45 por hora, com tempo máximo de permanência de três horas em cada vaga e com taxa diferenciada para comerciantes e isenção para moradores.

Administrado pelo Consórcio Amazônia, o sistema funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e aos sábados, das 8h às 17h. O controle é feito por meio de um sensor e pelos monitores, que garantem o registro preciso do histórico detalhado de cada estacionamento.

A compra de créditos do Zona Azul pode ser feita com os monitores, em bancas autorizadas e estabelecimentos comerciais, ou antecipadamente no site www.zamanaus.com.br e no aplicativo de celular Zona Azul Manaus, disponível gratuitamente nas lojas Play Store e Apple Store.

As vagas de estacionamento do Zona Azul estão disponíveis na avenida Eduardo Ribeiro e nas ruas Dez de Julho, Barroso, Henrique Martins, Rui Barbosa, 24 de Maio, Costa Azevedo, Marçal, Dona Libânia, Monsenhor Coutinho, Tapajós, Lobo D’Almada, Joaquim Sarmento, José Clemente, Ramos Ferreira, Frei Lourenço e Ferreira Pena. O pagamento nos pontos de vendas pode ser feito com dinheiro ou cartões de crédito e débito. Já o site aceita cartões de crédito e débito, enquanto o aplicativo só permite o uso de cartão de crédito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here