Dinâmica e muita integração na segunda turma de relações interpessoais da previdência

0
555

Descobrir um suposto espião na equipe, colocar um ovo em pé e fazer um jingle sobre o local que trabalha foram algumas das dinâmicas do primeiro dia de atividade da segunda turma do curso de Gestão de Relacionamentos Interpessoais nas Organizações que acontece na Manaus Previdência, numa parceria com a Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi). Os trabalhos acontecerão durante esta semana, com término na quinta-feira, 27/9.

A diretora de Previdência, Daniela Benayon, adianta que o objetivo do curso está sendo alcançado a partir da análise de resultados da primeira turma, onde todos reconheceram a importância das questões debatidas e puderam se autoanalisar no desempenho não apenas de suas tarefas, mas no relacionamento com os colegas. “Foi para dar oportunidade a todos que dividimos o curso em duas turmas, a fim de garantir a participação de todos os servidores e, com isso, atingir nosso objetivo, que é a contínua melhoria no clima organizacional”, explica. “Consequentemente, também vamos melhorar ainda mais o atendimento aos nossos segurados”, complementou a diretora, ela mesma é uma das alunas da segunda turma.

Falar de pessoas é importante para que cada um reflita sobre seu papel no ambiente em que atua, segundo a instrutora da Espi, Sônia Grasseschi. “Muitas pessoas passam mais tempo no trabalho do que com suas famílias. Então, esse relacionamento precisa ser bastante positivo”, alerta.

O fato das pessoas trabalharem em setores diferentes acarreta na falta de entrosamento entre os servidores, detectou Grasseschi, a partir dos relatos dos integrantes da primeira turma. “Então, com o curso, queremos facilitar essa relação a partir desse convívio que normalmente não teriam”, completa.

Reflexão

Aluna da primeira turma, a técnica previdenciária Carolinne Nunes, 25, diz que as questões abordadas pela instrutora na atividade fizeram sentido para ela e “casou” com algumas situações já vivenciadas em seu ambiente de trabalho.

O curso, relata, foi uma excelente oportunidade para que ela e seus colegas refletissem sobre a importância de cuidar dos relacionamentos com seus semelhantes. “Afinal, é no trabalho que passamos boa parte do nosso tempo”, diz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here