Prefeitura de Manaus busca expansão de programa habitacional junto ao BID e Agência Francesa

0
893

Uma missão do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e da Agência Francesa de Desenvolvimento (ADF) encerrou nesta sexta-feira, 30/11, uma série de visitas a Manaus, tendo na pauta a segunda fase do Programa de Desenvolvimento Urbano e Inclusão Socioambiental de Manaus (Prourbis 2), criado pela Prefeitura de Manaus e destinado a pessoas que vivem em áreas de risco.

Alexandre Lopez-Lamia, chefe da missão BID, e Aurélie Ghueldre, chefe de projeto da AFD, participaram de diversas apresentações com secretários municipais, diretores, técnicos e integrantes internacionais sobre o programa, que deverá ter uma carta consulta encaminhada no início de 2019.

A continuação do Proubis prevê ações para a zona Leste, onde a primeira fase foi consolidada, e início de atividades no Centro da capital, com foco na urbanização, requalificação, resiliência urbana, habitação e sustentabilidade.

Segundo o diretor-presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), engenheiro Claudio Guenka, o objetivo da missão é apresentar um mapa do Prourbis 2 e dar sequência ao cronograma. “Estamos tratando dos ajustes necessários para um futuro financiamento da ordem de US$ 90 milhões”, divulgou.

Pelo Prourbis 1 foram entregues 2014 unidades habitacionais, além de reformulação, revitalização e melhoria de infraestrutura e serviços públicos no Jorge Teixeira, incluindo as comunidades Arthur Virgílio e parte do João Paulo.

Participaram das reuniões da missão as secretarias municipais de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno (Semef), Infraestrutura (Seminf), Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Limpeza Pública (Semulsp), Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc), além da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here