PREFEITO ARTHUR NETO E PRIMEIRA-DAMA ELISABETH VALEIKO: DOAÇÕES ÀS VÍTIMAS DE INCÊNDIO NO EDUCANDOS CHEGAM A 100 TONELADAS

0
758

O prefeito Arthur Virgílio Neto e a presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, estiveram na tarde desta quinta-feira, 20/12, na central de doações da campanha #ManausSolidária, montada na Casa Militar, Compensa, zona Oeste, para receber 75 toneladas de mantimentos doados pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL Manaus), em parceria com a Associação Amazonense de Supermercados (Amase), e pelos supermercados Nova Era e Carrefour.

Foram entregues alimentos, bebidas, materiais de higiene pessoal, limpeza e outros produtos. Na ocasião, o prefeito apresentou um balanço das arrecadações e também falou sobre a credibilidade da prefeitura em receber as doações e destiná-las corretamente aos que realmente foram afetados pelo incêndio.

“Chegamos a 100 toneladas de doações, considerando cerca de 28 toneladas, que já estavam na nossa central. A solidariedade do povo de Manaus realmente é imensa e nos deixa, cada vez mais apaixonados por esse povo. As vítimas agradecem, pois precisam iniciar tudo de novo para prosperar, começar uma nova vida”, disse o prefeito.

Arthur ressaltou, ainda, que todas as famílias vítimas do incêndio foram cadastradas e recebem atendimento prioritário. “Algumas pessoas que também precisam, mas não estavam naquele episódio, apareceram. Então, precisamos ser rígidos para que o material de doação chegue para quem realmente precisa. Tudo está sendo feito com transparência e organização”, afirmou.

A presidente do Fundo Manaus Solidária fez questão de agradecer ao povo de Manaus e elogiou a imensa corrente de solidariedade formada para ajudar essas famílias. Ela enfatizou a importância das doações serem deixadas na central de arrecadação da Casa Militar, para que cheguem às famílias identificadas e que perderam tudo no incêndio.

“Nós, do Fundo Manaus Solidária, estamos coordenando o recebimento dessas doações. Foi feito um cadastro de todas as pessoas e uma triagem para identificar as reais vítimas. Elas estão alojadas em cinco abrigos e algumas em casas de amigos e parentes, por isso, estamos em contato com cada uma delas para que recebam as doações de acordo com a necessidade de cada pessoa”, disse a primeira-dama, Elisabeth Ribeiro.

Do quantitativo entregue, 40 toneladas foram trazidas pelo grupo Nova Era, que logo após ao incêndio iniciou uma promoção para ajudar as famílias atingidas pelo incêndio no Educandos. Para cada produto comprado para doação o supermercado disponibilizava outro item idêntico. Além disso, o supermercado também doou R$ 30 mil em produtos. Outras 35 toneladas foram entregues pela CDL Manaus, em parceria com a Amase.

Na central de doações, durante três dias foram arrecadadas 28 toneladas de mantimentos e que, agora, chegam a 103 toneladas. “Nós estamos com todas as lojas engajadas e trabalhando para conseguirmos o número de cem geladeiras. Hoje trouxemos mais de mil cestas básicas prontas e fizemos a parceria junto a Amase”, disse Ralf Assayag, presidente da CDL Manaus.

O presidente da Amase, Marcelo Gastaldi, lembrou que as doações devem continuar, pois o problema não será resolvido rapidamente. “Todo o setor supermercadista se mobilizou na causa e conseguimos arrecadar bastante doações e ainda tem bastante coisa para vir. Gostaria de lembrar a todos que não podemos acabar agora, pois vamos precisar arrecadar mais alimentos e vamos continuar com essa campanha por mais alguns meses”, reforçou.

Até esta manhã, eram 64.453 itens, entre roupas, camas, sapatos, alimentos, água, fogões, mamadeiras, ração para cães e outros itens de limpeza e higiene pessoal. Essas informações serão atualizadas diariamente para dar transparência ao processo de distribuição das doações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here