ANS diz que liquidação da Unimed Manaus não está descartada

1
15543

A Agência Nacional de Saúde Suplementar distribuiu nota afirmando que o processo de liquidação da cooperativa Unimed Manaus não está descartado, apesar de informações distribuídas pela direção provisória, afirmando o contrário.

De fato, houve uma reunião na semana passada entre os integrantes da Junta Administrativa Provisória e a direção da ANS em que o assunto foi tratado, mas não foi dada a garantia de que o processo de liquidação seria interrompido.

Veja a nota na íntegra:

NOTA DA ANS

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) esclarece que está incorreta a informação de que a agência reguladora “descarta a alienação compulsória da carteira de beneficiários da Unimed Manaus”, conforme noticiado. A ANS frisa que nenhuma medida regulatória foi descartada até o momento e que está acompanhando com atenção a situação econômico-financeira da operadora, que segue em regime de direção fiscal.

1 COMENTÁRIO

  1. Finalmente a máscara da desfaçatez caiu, não seria possível uma “Administração” inexperiente, que nunca gerenciou nem uma barraquinha de Açai, onde o (verdadeiro) gestor, desde a Assembleia passada, não é um médico cooperado, mas um advogado, tipo sujeito oculto, contratado indiretamente, que vive nas sombras, e faz reuniões ocultas tipo pai de santo, fazendo a cabeça de um monte de médicos acéfalos, criar um milagre da administração, sem formação nenhuma na área de gestão hospitalar e que também nunca gerenciou nada tirasse coelhos da cartola.

    Os Cooperados de verdade (e não seus parentes ocultos) precisam refletir e entregar a gestão à gestores e não a grupos ocultos que só querem sugar o resto de sangue do doente.

    O motivo maior da Unimed estar no caos é justamente esse tipo de administração com grupos, quadrilhas, aparentados e apadrinhados pseudo-competentes .

    Por que a verdadeira administração quando era do Conselho Fiscal nunca enxergou nada ? O que mudou ? As pessoas nominadas na chapa são as mesmas…. as ocultas, sempre negadas é que não .

    Por que o ofício com 11 páginas, vindo da ANS, no fim de dezembro passado, nunca foi integralmente divulgado para todos os Cooperados, de forma transparente ?

    Qual o motivo da UniMed estar sendo “gerenciada”, do Aleixo, em Sessões ocultas ?

    O superadvogado que administra, escolhe quem deve receber, quem figura na chapa, e escreveu secretamente todas as mensagens que foram publicadas no Portal dos Cooperados trabalha de graça ?

    A ANS tirou o tapete de cima da sujeira, que vigora há tempos, agora fartamente maquiada, ninguém sabe que contrataram: assessoria de imprensa de luxo; dois super escritórios especialistas em eleições, um inclusive do Governador José Melo …

    E quem paga ?

    Acorda Cooperado

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here