Após reunião com prefeito em exercício, rodoviários descartam greve no transporte público

0
3906

A ameaça de greve do transporte público, prevista para o início da próxima semana, foi descartada após reunião entre o prefeito em exercício, Marcos Rotta, representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Manaus (STTRM) e do Sindicato das Empresas de Transporte de Manaus (Sinetram), realizada na tarde desta sexta-feira, 19/1, na sede da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), zona Sul.

Durante a reunião, Marcos Rotta fez algumas ponderações em nome da população e lembrou que o transporte público da capital deve passar por transformações e, em breve, o prefeito Arthur Virgílio Neto deve anunciar um novo e moderno modal para a cidade. “Nós tínhamos um indicativo de greve e tomamos a inciativa de convidar os representantes dos sindicatos. Tivemos uma longa conversa com o resultado positivo. Está descartada oficialmente a greve da próxima segunda-feira”, disse o prefeito em exercício.

Rotta destacou, ainda, que, por enquanto, é necessário encontrar elementos para otimizar o sistema, como o retorno da isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o Diesel, por parte do Governo do Estado.

“O governo estadual já acenou com a possibilidade de rever a questão da isenção do ICMS para o Diesel. Queremos que isso passe a ser uma política de governo e não de governante, para que não aconteça nova interrupção. Tivemos no passado a infelicidade de um governador suspender a isenção, o que ocasionou uma pane no sistema”, disse Rotta.

O tesoureiro do sindicato dos rodoviários, Josildo de Oliveira, garantiu que não haverá paralisação do transporte público, na segunda-feira, dia 22/1. Segundo ele, ficou acertado a busca de novas alternativas para que se chegue ao reajuste salarial da categoria e mantenha-se o valor da tarifa.

“A greve está suspensa. Voltaremos a conversar para buscar o melhor para o trabalhador e também para a população. Os rodoviários precisam e merecem esse reajuste. O prefeito em exercício Marcos Rotta entende a situação e, por isso, teremos novas conversas para chegarmos ao melhor para os trabalhadores, sem afetar a população”, disse Josildo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here